Central de vendas 11 4646-3300 vendas@banderart.com.br

Bandeira Regime Constitucional (1821 a 1822)

A Bandeira do Regime Constitucional (1821-1822): a Revolução do Porto, em 1820, fez prevalecer os ideias da Revolução Francesa, abolindo a monarquia absoluta e instituindo o regime constitucional, cujo pavilhão foi criado a 21 de agosto de 1821. O campo bipartido verticalmente em branco e azul representava uma homenagem às origens lusas, pois estas eram as cores do escudo de D. Afonso Henriques. Foi a última bandeira lusa a tremular no Brasil, como colônia de Portugal, tendo presenciado o momento decisivo de nossa história, O Grito do Ipiranga, a 7 de setembro de 1822, dando início à nossa emancipação política.

Temos a linha completa de bandeiras históricas para a venda, uma excelente opção para ensinar a história de nossa nação através das bandeiras que ela já possuiu. Podem ser usadas de diversas formas, expostas em salas, museus, desfiles, celebrações de datas cívicas .

Oferecemos as bandeiras históricas estampadas em tecido 100% poliester conforme Normas ABNT NBR nº 16286/2014 e ABNT NBR nº 16287/2014, para Confecção de Bandeiras, com acabamento estampadas. De acordo com os registros históricos oficiais.

Tarja reforçada com entretela, acompanha ilhós de latão. Costura reforçada em todas laterais.

Nossos produtos seguem as normas de confecção de bandeiras, têm cores nítidas, brilhantes e de alta solidez, com fabricação própria Banderart.

Produzido no Brasil.

Fotos reais de produtos Banderart.
Imagens meramente ilustrativas. Bandeiras e Mastros são vendidos separadamente.
Imagens protegidas por lei. Proibida a reprodução parcial ou total.

Solicitar Orçamento

Newsletter

Cadastre-se e receba novidades em seu e-mail